terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Resenha: Auggie & Eu - R.J. Palacio


Autor (a): R.J.Palacio
Editora: Intrínseca
Páginas: 317
SINOPSE: A história de Auggie Pullman, o menino de aparência incomum que tem encantado milhares de leitores desde o lançamento do romance Extraordinário, em 2013, ganha agora novas perspectivas: Julian, Christopher e Charlotte, personagens da vida de Auggie, narram nos três contos reunidos no livro Auggie e Eu Seus Encontros e Desencontros com o Amigo Extraordinário. 
O capítulo do Julian dá voz a um personagem controverso: o menino que liderava o bullying contra Auggie na escola. Enfim temos a oportunidade de entender o que o levou a agir dessa forma e o que Julian pensa das próprias ações. Em Plutão, o narrador é Christopher, o primeiro amigo de Auggie. Os dois meninos compartilham lembranças da infância e, apesar de terem se distanciado, aprendem que boas amizades sempre valerão um esforcinho a mais. Shingaling mostra Auggie pelos olhos de Charlotte, a única menina entre as três crianças escolhidas para apresentar a Auggie sua nova escola. Com ela entramos no universo das garotas e vemos como a chegada de Auggie afetou as relações entre elas. 
Para quem sente saudades do menino cativante de feições e personalidade extraordinárias e tem curiosidade em saber mais sobre sua história, Auggie & Eu é um verdadeiro presente. 


No livro "Auggie & Eu" a autora nos apresenta nos apresenta a histórias de três personagens da história "Extraordinário" que pra quem não conhece é a história do garoto Auggie Pullman que tem uma deficiência facial e a obra mostra os desafios que o menino enfrenta em seu primeiro ano numa escola. É um livro repleto de lições incríveis e ótimos personagens.

O spin-off mostra a história de Julian, Christopher e Charlotte que são personagens secundários no livro principal e agora tem a oportunidade de mostrar as suas próprias histórias sem Auggie como protagonista.

A obra é composta por três contos: O Capitulo de Julian, Plutão e Shingaling.

Em O Capitulo de Julian é possível ver o por que na mente de uma criança não era algo tão ruim a forma como o personagem homônimo tratava Auggie  e assim podemos conhecer quem verdadeiramente é Julian.

Em Plutão conhecemos Christopher que é o melhor amigo de Auggie e se mudou por isso não parece muito no livro principal, na sua história podemos conhece-lo melhor e ver de outro ponto de vista como é ser amigo de Auggie desde pequeno, além de conhecer a sua própria história.

Em Shingaling podemos ver um pouco sobre Charlotte que fez parte da comissão de boas vindas de Auggie, mas nunca esteve com e nem contra ele, mostra o seu amor pela dança e como é a sua vida.

Todos os contos mencionam ou tratam Auggie como um personagem secundário.

É uma leitura muito agradável e ótima para passar o tempo.

Quando soube que os contos seriam lançados como livros fiquei extremamente animada e a editora está de parabéns pela diagramação que está lindissíma.

Não quis me aprofundar nos contos para não acabar falando de mais e algo que fiquei feliz é que os contos são bem longos, totalmente compostos e completos.

Super recomendo a todos que leram Extraordinário e gostam do estilo YA.

Alguém já leu ou tem vontade de ler?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião nos comentários!

Tecnologia do Blogger 2014-2016