domingo, 6 de dezembro de 2015

Resenha: Divergente - Veronica Roth


SINOPSE: Uma escolha pode mudar toda a vida de Beatrice! Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.



O primeiro livro da trilogia homônima conta a história de Beatrice Prior que vive numa sociedade totalmente diferente da qual conhecemos, a população é dividida em cinco facções, sendo elas: Abnegação, Audácia, Amizade, Erudição e Franqueza; e quem não possui habilidade para nenhuma delas se junta ao grupo dos Sem Facções, vagando pelas ruas.

Aos dezesseis anos os jovens tem o poder de escolher se continuarão nas facções que nasceram ou mudar, para ajuda-los nessa decisão há um teste de aptidão feito por simulações que define para qual facção as habilidades se encaixam melhor.

Nascida na Abnegação, Beatrice se vê no dilema do que fazer no dia da Escolha, seu irmão Calleb parecia saber o que fazer o que a deixava mais nervosa ainda e a espera que o teste de aptidão pudesse clarear sua mente, mas aconteceu exatamente o contrário, ao invés de concluir apenas uma facção o teste dela mostra habilidade para quatro das cinco divisões assim a tornando uma Divergente.

Agora a jovem terá um dia para decidir se continuará com a sua família ou escolherá recomeçar a sua vida, claro, além de proteger o secreto sobre a sua divergência.
Amigos, escolhas, amores; vivemos com Beatrice seus dilemas e as consequências do dia da Escolha e da difícil iniciação por qual passa.

Com a narração em primeira pessoa e uma linguagem envolvente, Veronica Roth nos leva a viver dentro das facções dessa versão futurística de Chicago, inclusive a pensar em qual facção você faria parte.

Confesso que li o livro depois de assistir ao filme lançado em 2014, pois fiquei curiosa quanto a mais detalhes daquela sociedade e não me arrependo de ter lido o livro depois, mesmo sabendo muitas coisas que aconteceria, não há comparação com os novos detalhes que se descobre, além de me sentir parte daquela sociedade e das facções, mas não conclui qual escolheria, talvez seria divergente também.

É um livro incrível, não tenho nenhum ponto negativo para destacar, a aventura é muito bem narrada e há detalhes que te faz entender sem ficar cansativo, tudo na medida certa. Recomendo especialmente a quem (como eu) quer ler algo diferente dos gêneros que costuma ler.



Alguém já leu ou tem vontade de ler? E facção vocês escolheriam?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião nos comentários!

Tecnologia do Blogger 2014-2016