segunda-feira, 16 de março de 2015

Resenha: A Última Música- Nicholas Sparks



Titulo Original: The Last song
Autor (a):  Nicholas Sparks 
Editora: Novo Conceito
Páginas: 400

SINOPSE: Uma comovente história sobre família, amizade, amor, amadurecimento e, especialmente, sobre como perdoar e recomeçar.
Aos 17 anos, Verônica Miller, ou simplesmente Ronnie, vê sua vida virar de cabeça para baixo quando seus pais se divorciam e seu pai decide se mudar para a praia de Wrightsville, na Carolina do Norte. Três anos depois, ela continua magoada e distante dos pais, particularmente do pai. Entretanto, sua mãe decide que Ronnie e seus irmãos iriam passar as férias de verão com o pai na Carolina do Norte. Ronnie rejeita toda e qualquer tentativa de reaproximação do pai e ameaça voltar para Nova York antes de o verão acabar. É quando ela conhece Will, o garoto mais popular da cidade.

Ronnie é uma adolescente que depois da separação dos pais se tornou muito problemática, acreditando que mergulhar em sua tristeza era a única forma de superar o que aconteceu com sua família e assim se afastando de todos, especialmente do pai.

Três anos após a separação a mãe de Ronnie decide mandar os dois filhos passar o verão na praia com o pai. Ronnie é relutante com isso e se nega a todo tempo, pois nunca entendeu realmente o motivo da separação e não aceita. Mesmo contra a vontade eles vão para a casa do pai, mas ela faz questão de mostrar o quanto não queria estar ali desobedecendo o pai e fazendo todo o oposto do que ele diz, mas é surpreendida com a compreensão e paciência do pai.

Entre tantas emoções ela conhece Will, um cara sensível e que gosta das mesmas coisas que ela e que encontra a parte que Ronnie quis esconder de todos, trazendo a Ronnie de verdade de volta.

É uma linda história sobre a família e como as confusões da vida podem romper, mas podem se reconstituir com muito amor.

A narração do livro é alternado entre os personagens principais e alguns secundários, o que nos possibilita  entender a história de vários pontos de vista.

Essa é uma história bem diferente dos romances de Nicholas Sparks, a meu ver, pois tem o enfoque mais na família e em suas relações do que no casal, mas isso não deixa a obra ruim, pelo contrário, é uma história linda e envolvente que te faz repensar em muitas coisas e atitudes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião nos comentários!

Tecnologia do Blogger 2014-2016