segunda-feira, 2 de março de 2015

Resenha: Cidades de Papel - John Green

Titulo Original: Paper Towns
Autor (a):  John Green
Editora:  Intrínseca
Páginas: 368

SINOPSE: Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 

Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia. 


A maior parte da história se passa em Orlando, EUA, onde vivem Quentin Jacobsen e Margo Roth  Spiegelman por quem Q (como é chamadoo no livro) tem uma paixão platônica. 

Na infância, Quentin e Margo eram amigos até que presenciam uma cena que mudou a vida dos dois e acaba os distanciando. 

Após oito anos do acontecido, Quentin e Margo viviam em mundo diferentes: ela, a garota que todas queriam ser e que todos queriam namorar; ele, um garoto pacato que sua única ambição era chegar a faculdade como os pais psicólogos queriam.

Em uma noite de maio tudo o que Q aprendeu a conviver nos últimos anos foi por água abaixo, quando Margo apareceu em sua janela com o rosto pintado e roupa de ninja o convocando para uma aventura na madrugada de Orlando.

Mais uma vez John Green mostra sua excelência com as palavras em uma obra que mistura humor e aventura.

Com personagens que se assemelham a realidade é fácil comparar alguns dilemas e situações com os adolescentes reais. Sua linguagem simples e tocante faz com que suas obras sejam sucesso em todo o mundo. E ainda, você consegue aprender muitas lições com os personagens.

"Cidades de Papel" é um excelente exemplo de livro que você não sabe o que esperar no final, como a vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião nos comentários!

Tecnologia do Blogger 2014-2016