quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

A (pseudo) magia do Natal


Foi se o tempo em que eu contava os dias para o Natal, adorava essa época do ano, o clima natalino era maravilhoso e aguardado. 

Contudo, a gente cresce e percebe o quão rodeada de hipocrisia essa data está. 

Cliché do dito popular: O Natal passou de ser a comemoração cristã do nascimento de Jesus, para uma data comercial, onde a figura do Papai Noel tomou o lugar do aniversariante. Isso é fato, a data natalina não esta sendo exercida com sua real finalidade. E Percebo que a cada ano que passa, seu significado esta cada vez mais distante, além do mais, tal "cultura" não está sendo compartilhada com as crianças de hoje em dia, deixando valer apenas o sentido consumista da data.


Outra questão: O amor mutuo que surge do nada nessa época de ano, especialmente perto do Natal.
Intrigas de família são "esquecidas", mas apenas nessa época viu? Moradores de ruas se tornam visíveis na sociedade, e todo mundo resolve ajudar da maneira que pode, mas no dia primeiro de janeiro, se avistar algum na rua, segura bem a bolsa e muda de calçada, ué, aonde foi parar toda a bondade? Ah sim, digerida junto com o peru de natal. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião nos comentários!

Tecnologia do Blogger 2014-2016